Ballet adulto – por que faz tão bem?

Atualizado: 12 de Mar de 2020

Não é de hoje que os adultos descobriram (ou redescobriram) o ballet. Ou a dança, em geral.


Eles lotam as salas de aula, muitas vezes sem o desejo de tornarem-se profissionais de dança, embora, cada vez mais, levem a sério a arte, estudando para além dos pliés e dos pas-de-bourrés.


A verdade é que aquela imagem da menininha vestindo um tutu rosa tem dado lugar para um excelente trabalho que algumas escolas de dança vêm fazendo com este foco no adulto.


“Os adultos iniciantes chegam completamente dispostos a aprender, e, embora alguns tenham dificuldades iniciais de flexibilidade e coordenação, elas são superadas pela rapidez com que entendem as correções ligadas à parte óssea e muscular. Aqui trabalhamos bastante com este tipo de informação e com metodologia internacional da Royal Academy of Dance para qualquer idade. É prazeroso ter este público na sala de aula.”, diz Ana Yazlle, diretora da Bravo! Ballet, em São Paulo.